AM tem maior custo mensal por tornozeleira eletrônica do país

Equipamento é opção da Justiça para que presos cumpram regime domiciliar e continuem sendo monitorados (Foto: Reprodução/RBS TV)

G1 consultou todos os governos estaduais – não obteve respostas de Rondônia e São Paulo. Equipamento permite controlar detento mesmo em prisão domiciliar.

O Amazonas é o estado do Brasil com maior custo mensal por tornozeleira eletrônica. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que, por preso monitorado pelo equipamento, o gasto chega a R$ 475 por mês, incluindo suporte e manutenção. O levantamento foi feito pelo G1, que consultou todos os governos estaduais – exceto Rondônia e São Paulo, que não responderam.

Equipamento é opção da Justiça para que presos cumpram regime domiciliar e continuem sendo monitorados (Foto: Reprodução/RBS TV)

Em todo o estado, são 728 presos monitorados por tornozeleira. O equipamento é opção da Justiça para que presos cumpram regime domiciliar e continuem sendo monitorados. Os dispositivos funcionam com um módulo GPS, como em carros, no qual são instalados um modem de celular para transmissão de dados, com dois cartões de operadoras diferentes a fim de se evitar ausência de sinal.

Por mês, o custo totaliza R$ 349.125. Segundo a Seap, além dos dispositivos em uso, o órgão possui ainda 60 tornozeleiras a disposição das determinações judiciais. Por conta disso, a pasta diz não ter presos aguardando tornozeleira. A Seap afirmou ainda que “tem atendido a demanda e que desde maio de 2016, não deixou de cumprir determinações de prisão domiciliar por falta do equipamento eletrônico”.

Ainda de acordo com o órgão, a previsão é que mais 150 tornozeleiras sejam incluídas no estoque da Secretaria até o início de agosto. A nova leva foi solicitada pois o contrato com a empresa que fornece as tornozeleiras prevê a entrega de mais equipamentos dos que estão em uso, conforme justificou a Seap.

Brasil

Um levantamento efetuado nestas quarta (19) e quinta-feira (20) pelo G1– em consulta a todos os governos estaduais – mostra que pelo menos 24.203 presos são atualmente monitorados por meio de tornozeleira eletrônica e ao menos 821 aguardam a concessão de tornozeleira para deixar a prisão. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Brasil tem 622 mil presos

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "AM tem maior custo mensal por tornozeleira eletrônica do país"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*