Adolescente confessa estupro a uma criança de 4 anos e diz que “diabo ordenava”

Crime foi registrado pela Deaai, após denúncia da família

Segundo delegada, infrator confessou o crime sem mostrar arrependimento. Ele estuprou a criança em uma casa abandonada.

Sem apresentar nenhum remorso ou arrependimento pelo que fez, um adolescente de 14 anos confessou na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) que estuprou uma criança do sexo masculino, de apenas quatro anos de idade. O crime ocorreu na tarde da última quinta-feira (24), em uma casa abandonada localizada no bairro Educandos, zona Sul da cidade.

Crime foi registrado pela Deaai, após denúncia da família

Em depoimento o adolescente disse que era o Diabo quem o ordenava a fazer o ato. Em outro momento ele disse que foi a criança quem pediu.

De acordo com a delegada da Deaai, Elizabeth de Paula, antes de sofrer o abuso a criança estava no beco brincando com outras crianças, enquanto a mãe trabalhava nas proximidades do local. O infrator, que é vizinho da vítima, teria chegado e forçado o menino a sair com ele para a cena do crime.

“A vítima nos relatou que foi levado a força para uma casa  abandonada e que lá o adolescente tirou a roupa dele, bateu com uma ripa nas mãos da criança e o penetrou. A criança disse que tentou gritar e chorou muito, mas teve a boca ‘tapada’ pelo infrator”, destacou.

Além de penetrar a criança, o adolescente ainda fez sexo oral nele e o obrigou a também fazer o ato libidinoso. Após o crime a vítima foi para casa chorando. Quando a irmã mais velha dele, de 14 anos, foi dar banho no menino percebeu que o mesmo estava sangrando pelo ânus. A mãe perguntou sobre o que havia acontecido, mas a criança só chorava e não conseguia falar.

“A mãe então foi avisada por uma coleguinha do filho dela que o adolescente tinha pego a criança e batido nela. Após saber disso a mãe foi até a casa do infrator tomar satisfações e em seguida acionou a PM”.
Policiais da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram ao local e efeturam a apreensão do adolescente, que foi apresentado da Deaai.

A criança foi levada à Maternidade Moura Tapajós e em seguida ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame de conjunção carnal anal. O resultado do exame apontou o estupro. Já na delegacia, a criança deu detalhes de como foi violentada. A versão dela foi confirmada pelo autor.

 

Com Informações da Acrítica

Be the first to comment on "Adolescente confessa estupro a uma criança de 4 anos e diz que “diabo ordenava”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*